Micha Lelé

quinta-feira, 22 de novembro de 2007


Euzinhaaaaaaaaaaaaa...

4
Meus grãos de Kefir chegaram e eu estou louca para fazer uso deles.... Porém, não tive tempo ainda... Como algumas pessoas sabem, estou hospedada na casa de minha irmã em Laranjeiras e preciso de tempo para cuidar dos grãos q devem ser trocados de 12 em 12 horas.... Quero muito cuidar de mim internamente, emagrecer, cuidar da minha mente, da minha pele... q por sinal está detonada de espinhas, estresse... ÔÔÔ, coisa chata isso, heim! Não consegui me organizar ainda, acho q isso tbm é desculpa, pq se posso trabalhar, posso malhar, posso me cuidar... mas estou melhor q antes, tenho passado creme no meu corpo, tenho tomado os auxiliadores, tenho passao creme no rosto, nos cabelos, tenho feito pequenas mudanças ou melhor feito com q elas voltem a fazer parte da minha vida, um hábito novamente bom para mim e por mim, mais perto do meu apt e tbm mais confusa ainda... não q eu não queira meu lugar, meu espaço,claro q quero e preciso dele, é pq mudança é um processo por si só dolorido, confuso, medonho...


Nossa, pq preciso me sentir assim... pq não pode ser mais fácil?! Pq tenho q sentir difícil... Larguei tudo aqui, gerei um bando de expectativas e fui para Macaé, quebrei a cara... Putz! Agora recolho o q sobrou de mim... as minhas cinzas e retorno ao Rio, com medo e assustada, pq não sei o q esperar... o pior q conversando com uma grande amiga minha Rosana, ela não me reconheceu... pq a cerca de 4 anos atrás quando ela estava recuando a tudo, temendo tudo, com medo do futuro, fui eu quem disse a ela viva o presente... Vc é nova, linda, cheia de garra e eu agora me encontro assim amendrontada... Claro q por pior q eu tenha me dado em Macaé, ou seja, q minha expectativas não tenham sido atendidas (de repente até a culpa pode ser minha, por ter gerado elas grandes demais né!), é muito mais fácil ficar lá, minha casa está lá, eu conheço o território, tenho conforto, tudo arrumado, sei lá... a sensação é essa! Esse enorme movimento de mudar, e ainda me mudar para coisas diferente, tipo de casa para apt, de uma casa de 200m² para um apt de 70m², de uma cidade para outra, para um bairro diferente onde tudo é novo, penso nos meus móvies, não sou nenhum pouco material sabe, não mesmo, mas daí a sensação do pouco q consegui vou ter q guardar, embora eu saiba q tudo na nossa vida ou é temporário ou transitório, mas é estranha a sensação... e ainda mais a sensação de talvez estar sozinha, os medos q tenho do Rio , por conta das coisas q vive aqui, q me traumatizei em termos... o medo de isso voltar... nossa minha cabeça não pára... é muito pensamento para uma cabeça só... quase pifo! Fico exausta! Fora as cobranças do trabalho novo, a superação q eu tento todos os dias, q me cobro... q me sinto mais perdida, pq o processo requer tempo, mas eu Michelle, talvez não tenha aprendido a esperar, né! Haja visto o emagrecimento, quero logo resultados e os pequenos eu não comemoro... ridícula! Sei q estou errada e muito... mas é a razão e não a emoção... e eu sou regida pela emoção... pelo menos nesse momento!

4 comentários:

Aline disse...

Demorou mais eu cheguei, num disse que vinha? Olha só, mudanças as vezes são complicadas por causa dos estragos que deixam. Eu por exemplo entrei a quatro anos atras na maior universidade do brasil e tive que sair nesse semestre pela porta dos fundos sem diploma e sem nada, porque se continuasse seria reprovada e ao mesmo tempo tive que ver minha turma saindo com honras e méritos, com diplomas e coisas afins, imagina como num ficou a minha cabeça né, mas aos poucos tive que aprender a recomeçar, a juntar os cacos e ver que daqui em diante vem coisa melhor por aí e que vou superar isso tudo. Amiga, como você mesmo disse viva o presente, tente redecorar teu cantinho quem sabe vc num se anima, cuida da tua nova casinha, vai trabalhando e se cuidando tá, aos pouquinhos a fase negra vai passar ok. Beijão e depois eu volto pra comentar com mais calma.

Roberta Duarte disse...

Michele,
É muito normal a gente sentir medo e insegurança em qualquer processo de mudança... Até com relação a coisas pequenas, o inesperado nos tira da nossa zona de conforto e nossos sentimentos ficam confusos mesmo. Por mais que a gente saiba que precisa mudar, é sempre difícil. Mas com o tempo, as coisas mudam e a insegurança fica para trás!
Boa sorte para você! E não deixe a ansiedade atrapalhar sua RA!!! Se não, você terá mais um problema!
bjs!

Flockinho disse...

Ola Michele. Espero que esteja melhor. Não fique chateada por algo não ter saído como planejado. Às vezes algumas coisas acontecem porque precisamos que aconteçam, ou então, para que nos aconteça coisa melhor. Vamos, seja positiva. Vai dar certo. Vai conseguir. Esse ano tb passei por mudanças e tive muito medo. Fui morar sozinha, numa cidade gigantesca, não conhecia ninguém e tudo dependia de mim. Tive muito medo mas "meti as caras". Hoje vejo o quanto foi bom passar por tantas mudanças. Nossa eu cresci. Mas não foram só flores. Coisas ruins aconteceram. Mas estou aqui. Hoje me sinto mais forte. É bom acontecer o inesperado às vezes. Pense nisso.
Boas vibrações pra você!
Abraço.
E prazer em conhecer.
(Depois me faz uma visita tá?!)
BjsssssssssssssssssSu

Lilian Raquel - 2digitos disse...

Oi Micha
voce pediu kefir? que bommm
eu tenho que mandar os meus dados pra uma doadora de kefir e kombucha,mas não tive tempo de mandar a carta pra ela ainda com os selos e envelopes.

Espero que você fique bem logo, e consiga lidar com a insegurança;

Tenha um otimo final de semana
beijosss